sábado, 9 de maio de 2020

Contarei tudo que puder - Final

  
Cambiasca: vê-se pequenina a 
Ponte Nova, sobre o Rio
Paraíba do Sul
(Veja histórico no link ao final)

 Pois bem, para resumir, foi com esse tio amigo que o Senhor das Misericórdias, que outro não é, senão o nosso Deus, para sempre, mas trouxe  para o Rio de Janeiro prrcisamente a 26 de abril de 1934. Por coincidência, era data de meu batismo que ocorrera a 26 de abril de 1932, portanto, 2 (dois) anos antes no município de S. Fidelis, no seu 4⁰ Distrito, naquela época chamado Ponte Nova (essa nomenclatura veio mudar-se mais tarde pelo IBGE para o nome de Cambiasca). Isso porque o nome Ponte Nova era o de um município mais antigo do Estado de Minas Gerais. -- Os cambiascas eram padres capuchinhos fundadores da Igreja Católica de S. Fidelis. Daí o nome Cambiasca ou Vila Campiasca para substituir a antiga Vila Ponte Nova. Nota: segundo o IBGE, toda sede de município é cidade, e toda sede de distrito é Vila, daí Vila Cambiasca, por ser a sede se um distrito do Município de São Fidelis.

Anotações de meu pai
no caderno onde resolveu
rascunhar suas memórias.

Histórico de Cambiasca no link abaixo:


  

Nenhum comentário:

Postar um comentário