terça-feira, 25 de julho de 2017

Mal traçadas linhas 48

Misericordiosos

       Não há como teorizar a coisa: aprende-se misericórdia sendo misericordioso.

       No texto bíblico, misericórdia tem dois vocábulos, um deles significando "entranhas" e o outro traduzido "amor".

        Moisés, o homem mais próximo de ver Deus em Sua glória, exclamou dEle: misericordioso. Este texto, cristalizado ao longo da história, permitiu Naum dizer o mesmo de Deus, mas acrescentando: não inocenta o culpado.

         João diz: Deus é amor. É amor porque compartilha esse amor conosco. E Deus prova o Seu amor, diz Paulo Apóstolo, pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores. Somos os culpados que Naum aponta.

        Amor em Deus é prática. Só se aprende amar na prática do amor. Praticamos amor se nascemos de Deus. Se Ele tem entranhas de misericordiosa, aprendemos a ter quando nascemos de Deus.

        Somente na prática da misericórdia, alcançaremos misericórdia. Isso não significa dizer que primeiro vem a nossa misericórdia, para depois alcançarmos favor de Deus.

         Significa dizer: quem recebe em si da misericórdia de Deus, apreende a ser misericordioso como somente Ele é.

Um comentário: