terça-feira, 10 de maio de 2022

Falta gente nessa rima

Azáfama, seria na certa,
Corre Lyndon, corre Márcia
Corre Bia, não era um dia qualquer,
Mas Lyndon marcou agenda
Com o Xavier.

Lu e Renata também corriam,
Doces e salgadinhos para o regalo
Mas isso elas fazem com prazer
Pelo gosto da data:
A biografia da família
Para todo mundo ler.

Cid Mauro vem do Acre,
Mais perto não poderia ser
E ainda coincidia com o aniversário
Ora, 65 anos, nem tão velho
Para lançar "Marcas do Evangelho".

Vieram de São Paulo quatro caixas
Resultado seleto da Garimpo
Entrega rápida e de bom preço
Com apreço na casa do primo.

Parceria formada com a Basileia
Por algum tempo, refletia-se bem
Escolhia-se o lugar do encontro
Acertadas as dependências do CIEM.

Busca banner, vê-se o som
Visita-se salão e cozinha
Para ver o que está bom
Corre que a data se avizinha
Que tudo se afine num só tom.

Programa pronto, mais uma do Lyndon,
Para dirigir, sugiro o Bernardino
Para pregar, convidado o Sarides,
Para declamar, a Valéria
Deixa com Joel tocar os hinos.

Põe freio na fala do Cid Mauro
Vai querer contar todo o livro
Desse jeito, satura a assistência
O povo fica aflito e com motivo.

Vão chegando os convidados
Helena, Heloísa, Paulo, Jucieu,
Leila e Gislaine, Gercina e sua irmã
Renata, Renato e seu clã.

Que inclui Ben-Hur, Tatiana e Maria Clara
Lindas mãe e filha e também Gabriela
Puxa vida, faltaram Daniel e Dirley
Mas vieram Derli, Elizabete e Cirlei

Quem veio, leva a quem não pode vir
Dalmi leva para Neuda e Marcos,
Elias para sua mãe Ivar e a irmã Eni
Ainda incluídos os irmãos Renato e Geni.

A turma antiga de Cascadura
Estava bem representada,
Paulo cunhado, João Marcos, Marcos e Rose,
Amaury e sua esposa Simone, Sandra Roger
A quem de longe logo vi.

Meio sumidas pela cozinha,
Gislaine, Luciane, Leila e Renata,
Belíssima mesa organizaram
Não só no gosto, bela proeza,
Com decoração de rara beleza.

Cantamos hino, ouvimos breve devocional,
Havia gente Batista e Congregacional,
Mas sem nenhuma barreira,
É família toda entrelaçada,
Misturada, amiga e amada.

Não pude dar atenção a todos
Estava autografando os livros,
Em meio a tantas fotos,
                         Sem nenhuma celeuma,                           Assessorado pelo Hélio Henrique
E por minha professora d. Cleuma.

Pastor Caria e família,
Julio César, mas não o imperador
Vieram do outro lado da baía
Com grata presença e prova de amor

Primo Jr em boa companhia,
Veio abrilhantar o encontro
        Com sua tia, a minha sogra Lourdes            Espalharam muita simpatia

Numa tarde tão agradável
Pela presença de todos, que medo
De cometer injustiça que doa
Por não fazer sua menção
Então, por favor, me perdoa

                      Esquecer jamais deveria,                                              Registro com especial alegria,                                 Supresa aguardada com certa ânsia,        
Shirley, minha amiga de infância.

E à gente que não pôde vir
Ora, famílias tão lindas,
Muita falta você fez,
Mas o encontro fica para outra vez.

Lima Mattos, Gonçalves de Oliveira,
Barcelos também de Oliveira
E Araújo, gente que foi (e é) raiz
Espalhando bênçãos por este País.

Repetimos que amor, gratidão
E exemplo de vida,
É a marca desse povo.
Ora, para muito breve,
A gente espera se encontrar de novo.

Singela homenagem minha
De quem não é mestre na rima,
Só nos faz aumentar muito a saudade
Do amado tio Onésimo Lima.




























 



















Nenhum comentário:

Postar um comentário